top of page
  • Joab Mendes

Educação Relevante

Escrito por Joab Mendes, aluno do Programa Jovem Universitário


A educação muda vidas.


Eu lembro que a minha relação com a escola nunca foi das melhores, eu sempre fui levado pelo princípio do mínimo esforço, me contentando com uma nota 6 e evitando qualquer esforço maior para alcançar melhores resultados.


E assim eu fui levando por muito tempo na escola. 


Estudar em escola pública é um conglomerado de lições diárias, não somente no sentido de conteúdo didático, mas também de uma vida para além do meu universo. Minha experiência em escola pública foi essencial para moldar muito da forma como eu enxergo o mundo, as pessoas e as singularidades de cada uma delas. Talvez ter feito parte de uma sala de aula tão plural é o que tenha feito eu escolher a psicologia como minha vocação. Talvez daí tenha surgido esse meu fascínio por tentar compreender a subjetividade humana.


Minha experiência na escola despertou pouquíssimo interesse da minha parte para ir além da média necessária, mas eu lembro quando isso tudo mudou, foi quando o VIVA nasceu. Eu lembro quando o VIVA nasceu, lembro desde escolher seu nome até pintar as paredes da primeira sede, lembro de como isso mexeu totalmente com o que eu entendia por educação. Finalmente a educação tinha uma cara agradável e algumas perguntas minhas tinham respostas. Eu fiz a reta final do meu ensino médio tendo o VIVA como parte de quem eu era, e isso mudou totalmente minha visão da escola, eu não só estava recebendo complementos muito importantes, como também, era minha missão levar essa mensagem para frente, mostrar para outros jovens que a educação era relevante e podia ser vista de uma outra forma, não apenas como um protocolo obrigatório, mas como algo que tinha potencial de mudar sua vida.


No meu caso, mudou. Através dessa nova visão acerca da educação, eu comecei a levar a educação não pelo mínimo esforço, mas com a consciência que a minha vida poderia ser mudada por isso, e hoje, no processo de me graduar na faculdade de psicologia, tenho total noção de como sou alguém diferente por essa nova visão da educação que recebi.


Que o VIVA continue sendo o que foi pra mim, uma boa notícia. Uma novidade que diz que a educação é relevante e pode ter uma outra cara.



Essa foto é de 2015, quando Joab (meio) começou o VIVA como parte da primeira turma de adolescentes. Começaram a frequentar o VIVA quando ainda nem tinha nome e acontecia no apartamento do Carioca, diretor do VIVA. Hoje Joab faz parte do Programa Jovem Universitário, cursando Psicologia na CEUNSP.




43 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Educar

Comentários


bottom of page